Gateway de pagamentos crypto quer democratizar uso no comércio

Gateway de pagamentos crypto quer democratizar uso no comércio

Gateway de pagamentos crypto permite que o comerciante escolha se quer receber em criptomoedas ou em reais e com taxas muito inferiores às tradicionais

Gateway de pagamentos crypto quer democratizar uso no comércio

Por Redação

Hoje ainda são poucos os comércios físicos ou eletrônicos que aceitam bitcoin ou outras criptomoedas. A Zarpay quer mudar esse quadro. A empresa oferece um gateway de pagamentos crypto que funciona diretamente no celular, tablet ou desktop para permitir que comerciantes aceitem criptomoedas.

O sistema tem uma funcionalidade interessante para quem argumenta que a volatilidade das criptomoedas impede o uso no dia a dia. Assim, o comerciante que usar o gateway escolhe receber em bitcoin ou em reais, no dia útil seguinte. O consumidor, por sua vez, é informado sobre qual criptomoeda usar no momento da compra por meio de um robô.

Além do pagamento em crypto no ponto de venda, o sistema tem módulos para e-commerce, inclusive com a função de pagamento recorrente, ideal para assinaturas de produtos ou serviços.

Gateway de pagamentos crypto reduz custo para comerciantes

O gateway de pagamentos crypto promete reduzir o custo para comerciantes. A empresa não cobrará pelo uso ou adesão ao sistema, mas apenas uma taxa sobre as transações. Nas maquininhas tradicionais, por exemplo, comerciantes abrem mão de 4,5%, em média, do faturamento. No caso da Zarpay, a promessa é de uma taxa de 1,7% sobre as transações.

Gateway de pagamento crypto

Hoje o gateway conta com 30 clientes, funcionando em esquema de MVP (fase de lançamento). A empresa pretende ir a mercado em setembro para captar recursos de investidores e traçar sua rota de crescimento. “Nós estamos trabalhando em soluções para o consumidor conseguir usar crypto em seu dia a dia”, conta Camila Ito, CEO da empresa.

Atualmente, seis pessoas se dedicam integralmente à empresa.  Camila esteve recentemente na Suíça no Crypto Valley Conference em busca de informações para abrir uma empresa por lá.

“Pensamos em abrir lá porque é um país com bastante credibilidade e totalmente crypto friendly. Como vamos buscar investimento, isso aumenta o valuation da empresa”, conta a executiva.

Em última instância, a empresa quer fazer parte da revolução dos pagamentos com criptomoedas. Os planos são de atingir um market share significativo no mercado atual. “Queremos fazer parte dessa transição”, afirma.