A stablecoin UST, criada pela Luna Foundation, enfrentou uma grande desvalorização no mercado cripto desde a última segunda-feira (9). O preço do token despencou de US$ 1 para cerca de US$ 0,30 recentemente.

A desvalorização da UST afetou ainda o preço do bitcoin, que voltou a ser cotado abaixo de US$ 30 mil nas últimas 24 horas. Considerada uma stablecoin algorítima, a UST entrou em colapso no mercado, provocando ainda uma enorme desvalorização da Terra (LUNA).

Atualmente, a Terra (LUNA) é avaliada em US$ 2 no mercado cripto, e acumula uma desvalorização superior a 95% nesta quarta-feira (11). Durante a instabilidade no preço da UST, a Luna Foundation decidiu vender US$ 1,5 bilhão em bitcoins, em busca de recomprar o criptoativo para estabilizar o preço da stablecoin da plataforma.

No entanto, essa movimentação pode ter resultado na queda do bitcoin nos últimos três dias. Agora, o bitcoin é cotado por cerca de US$ 30 mil no mercado cripto, e acumula uma desvalorização semanal de 19,5%.

Preço da UST e da Terra despencam no mercado

De acordo com o Coindesk, a venda de US$ 1,5 bilhão dos fundos da Luna Foundation pode ter provocado uma pressão de venda de bitcoins no mercado, o que afetou o preço do criptoativo.

Embora tenha se desvalorizado até US$ 0,2998, a UST recuperou parte do seu valor no mercado, e na manhã desta terça-feira (10) a stablecoin está sendo cotada em US$ 0,4564. Portanto, mais de 50% abaixo do valor ideal para o token que possui paridade 1:1 com o dólar.

Assim, em busca de estabilizar a UST, o preço da terra sofreu drasticamente no mercado. Somente nas últimas 24 horas, por exemplo, a cotação da LUNA caiu mais de 96%.

Conforme mostram os dados do CoinMarketCap, recentemente o criptoativo atingiu US$ 0,8384, depois de iniciar uma queda vertiginosa nos últimos três dias no mercado.

Somente na última semana, a LUNA apresentou oscilações de preço entre a mínima de US$ 0,8384 e a máxima de US$ 87,96. Ou seja, uma variação de mais de 10.000%.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.