Estratégia da Transfero obtém valorização superior a 14% em abril

Estratégia da Transfero obtém valorização superior a 14% em abril

Desempenho da carteira TSAG Advanced em abril foi influenciado pela recuperação do bitcoin no mês; TSAG Conservative tem retorno de quase 3%

Estratégia da Transfero obtém valorização superior a 14% em abril

Por Redação

A carteira TSAG Advanced apresentou uma rentabilidade de 14,81% no mês de abril de 2019. Com isso, a carteira já acumula um retorno de 27,47% em 2019 e de 23,13% nos últimos 12 meses. A recuperação do bitcoin foi o principal motivo para o desempenho da TSAG Advanced em abril.

Já o TSAG Conservative teve um retorno de 2,74% em abril. Com isso, a carteira atinge uma rentabilidade acumulada de 13,58% em 2019 e de 60,5% nos últimos doze meses. No caso do Conservative, a influência é da existência de arbitragem no preço das criptomoedas no Brasil e no mundo.

O head de Investimentos da Transfero Swiss AG, Carlos Russo, avaliou que caso o Bitcoin ultrapassasse a barreira de US$ 6.500 – o que significaria um ganho de 100% em relação à mínima de janeiro -, o mercado estaria de fato em um bull market. Mas o bitcoin foi além e rompeu a barreira dos US$ 8 mil. Eventualmente, esse bull market terá novas máximas históricas nos próximos 18 meses.

Ademais, o fato de o recente escândalo da Binance não ter afetado o preço é um bom sinal. Portanto, significa dizer que o mercado está comprado e confiante na retomada dos preços.

Carlos Russo

head de Investimentos da Transfero Swiss AG

Carlos Russo

head de Investimentos da Transfero Swiss AG

Nesse último rally, as altcoins perderam valor em relação ao bitcoin e, por isso, deve haver um reajuste. Já para o ano que vem as expectativas são as melhores possíveis, especialmente nos meses que precedem o halving do bitcoin.

Expectativas otimistas

No entanto, para os próximos meses, a expectativa é de estagnação, seguida de uma forte valorização das altcoins. “Nesse último rally, as altcoins perderam valor em relação ao bitcoin e, por isso, deve haver um reajuste. Já para o ano que vem as expectativas são as melhores possíveis, especialmente nos meses que precedem o halving do bitcoin”, avalia Russo.

A carteira TSAG Advanced combina avaliação macro sobre os ciclos do bitcoin com análises técnicas e estatísticas para obter retorno. Já o TSAG Conservative usa a estratégia de arbitrar em cima dos preços das criptomoedas no Brasil e no mundo para obter retornos não correlacionados ao mercado de ativos digitais.