O rendimento dos produtos de investimento da Transfero Swiss superou o Ibovespa em 2020 — com exceção dos resultados em bitcoins. Em dois casos, os ganhos em reais no ano ultrapassaram os 200%. Enquanto isso, o índice da bolsa brasileira, a B3, acumulou meros 2,92% no ano.

Entre as carteiras administradas, o TSAG Libra Top 10 fechou o ano com alta de 255,01% em reais e queda -27,28% em bitcoins. O portfólio Libra é composto pelas dez principais criptomoedas, distribuídas igualmente na carteira e rebalanceadas periodicamente. Já o TSAG Advanced rendeu, na moeda brasileira, 215,24% ao longo de 2020. Mas perdeu 35,24% em bitcoins.

Denominada em reais, a carteira TSAG Conservative fechou o ano com rendimento de 27,23%. Também em moeda brasileira, a TSAG Counter Cyclical acumulou ganhos de 82,89% em 2020.

dolar

Produtos da Transfero em dólar superam desempenho da moeda americana em 2020

O TSAG Advanced Fund — fundo denominado em dólar — encerrou 2020 acumulando alta de 135,96%. Esse fundo recorre a análises estatísticas e estratégias quantitativas com o objetivo de superar o mercado de ativos digitais em dólares.

Outro fundo em dólar, o TSAG Counter Cyclical Fund acumulou ganhos de 41,85% em 2020. Enquanto o TSAG Conservative Fund ganhou 15,31% no acumulado (USD).

Já a moeda americana terminou 2020 com alta de 29% em relação ao real. Por sua vez, o bitcoin acumulou alta de 303%, de acordo com o Investing.com, encerrando o ano valendo US$ 28.949.

O ano que terminou foi bastante positivo para o bitcoin. Em 2020, a criptomoeda líder renovou seu recorde de marketcap em novembro. E parece que a forte valorização aguçou a curiosidade das pessoas, porque houve outro recorde, mas desta vez em buscas no Google por “bitcoin”.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.