A criptomoeda do jogo Star Atlas, o ATLAS, já subiu mais de 9.000 % desde seu lançamento há duas semanas. O preço de lançamento do token foi estabelecido em US$ 0,00138 e ontem o token fechou negociado a US$ 0,1274.

Diferentemente do Axie Infinity, outro jogo da modalidade play-to-earn, e do Binamon, desenvolvidos na blockchain da Ethereum, o Star Atlas, que tem como tema batalhas espaciais e roda na blockchain da Solana. Com transações rápidas e baratas, o protocolo está atraindo atenção do público gamer.

Ao contrário da maior parte dos dos jogos play-to-earn , o Star Atlas não é unicamente centrado em batalhas. Seu conceito é baseado no metaverso, ao estilo Descentraland mas com missões no estilo GTA.

Seu universo é, portanto, um mundo aberto e os jogadores competem uns com os outros em jornadas. Os gamers podem tanto construir cidades inteiras e criar microeconomias até mesmo formar organizações autônomas descentralizadas para governar regiões específicas.

Star Atlas tem uma economia própria alimentada pelos jogadores

Os jogadores podem vender itens virtuais do jogo que foram recebidos como recompensa por jogarem. Esses itens podem ser vendidos em qualquer marketplace que suporte a blockchain Solana. A ideia é estimular a monetização do tempo gasto no jogo, possibilitando um benfício econômico por jogar – nos jogos tradicionais, os jogadores são geralmente compelidos a gastar dinheiro para terem itens melhores.

Assim, o Star Atlas é projetado para imitar como a blockchain funciona, por meio de incentivos como expandir seu império usando planos táticos ofensivos e defensivos. Os jogadores podem ainda usar o token ATLAS para fazer staking ou prover liquidez, contribuindo para a segurança da rede.

Dentro do jogo, os gamers podem simplesmente pilotar sua nave em busca de recompensas, que podem ser colocadas em staking, vendidas e mineradas.

Jogo tem tokens de economia e de governança

O jogo possui dois tokens o ATLAS e POLIS.O primeiro é nativo do game e motor da economia do metaverso. O segundo é o token de governança, dando aos detentores direito a voto nas decisões da plataforma.

Do total de tokens ATLAS emitidos, 80% vão pagar recompensas a jogadores. Os demais irão para estação de mineração e usados na captação de recursos para o desenvolvimento da plataforma. O POLIS será distribuído em duas etapas: 20% durante a primeira fase da Oferta de Ativos Galácticos e o restante como recompensa para quem realizar staking.

No momento em que essa matéria foi escrita, somente o marketplace do jogo está liberado. Portanto, ainda não dá para saber quanto é necessário “investir” para jogar. Contudo, já se sabe que naves, licenças e combustíveis são necessários.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.