Certamente, você já ouviu a comparação entre o ouro e o bitcoin, não é? A razão é que ambos são recursos finitos – o bitcoin tem um limite máximo de emissões. Por isso, o modelo financeiro stock-to-flow é interessante para analisar os investimentos em bitcoin, no longo prazo. 

“O modelo prevê a correlação entre os preços e a escassez. Como a demanda é crescente, a moeda se torna cada vez mais escassa, o que eleva o seu preço”, diz o diretor de Produtos e Parcerias da Transfero Swiss, Safiri Felix. 

O método de análise foi imaginado pelo economista, trader, investidor e pesquisador Philip Swift, mas sua adaptação para o mercado de criptoativos foi feita pelo analista misterioso Plan B.

Embora possa não ser totalmente exato, o gráfico é considerado uma ferramenta interessante para prever a valorização da criptomoeda. 

Entenda melhor o modelo stock-to-flow

A estratégia de análise se baseia no preço relativo de uma commodity escassa com sua produção adicional; ou seja, quanto mais rara, maior o valor. A ideia vem de outros mercados, como o do ouro, prata e pedras preciosas. Como são recursos finitos, quanto mais escassos, mais valorizados. 

Da mesma maneira, o bitcoin é um ativo digital escasso. A cada halving, por exemplo, a emissão de novas moedas é cortada pela metade.  Além disso, a criptomoeda tem um limite de emissões  – fixado em 21 milhões de unidades, dos quais 19 milhões já minerados. Ou seja, ela está relativamente próxima ao seu limite máximo de novas unidades, o que indica que sua escassez relativa aumentará gradualmente.

 

Embora existam outros métodos de avaliação, Safiri considera que esse modelo é uma maneira interessante de análise da performance do bitcoin, pelo menos ao longo deste ciclo. “No último ciclo, após o halving de 2020, o gráfico stock-to-flow funcionou muito bem, apontando uma grande valorização do bitcoin, o que de fato aconteceu”, ressalta Safiri. “Seguindo esta tendência, com o aumento da liquidez global e toda a conjuntura atual, é possível que o bitcoin alcance US$ 100 mil este ano”, completa. 

Pontos fracos do modelo stock-to-flow

Tomando as previsões do modelo fora da amostra ao extremo, é possível verificar que em algum momento o market value do Bitcoin ficará próximo do Ouro e uma única pessoa que possuir 100 BTC terá aproximadamente 50 milhões de dólares, o que pode parecer ilusório para alguns, considerando os valores de Bitcoin que algumas empresas já acumularam.

O modelo, contudo, não deve ser tomado como verdade absoluta do comportamento do preço do bitcoin. De acordo com a equipe de Research da Transfero, apesar de obter ótimas previsões até hoje, pela Efficient Markets Hypothesis (Teoria Mercados Eficientes), o preço deveria atingir imediatamente o sugerido para o futuro, descontado a taxa livre de risco para valor presente. “Por esses motivos, este modelo não é e não deve ser utilizado como um único modelo de previsão confiável para o preço futuro do Bitcoin.”, diz o relatório da empresa.

Ativos alternativos crescem como opções de diversificação de portfólio