Startup vai emitir token para financiar energia limpa no Brasil

Startup vai emitir token para financiar energia limpa no Brasil

A empresa suíça fundada por brasileiros Ampere pretende levantar no mercado internacional US$ 600 milhões com a emissão de um token lastreado pelos projetos

Startup vai emitir token para financiar energia limpa no Brasil

Por Redação

A empresa suíça fundada por brasileiros Ampere pretende emitir security tokens para financiar projetos de energia limpa – eólica e solar. Segundo artigo publicado no Canal Energia, a empresa pretende fazer a emissão entre o fim deste ano e o início de 2020.

A empresa mapeou 600 MW em projetos de energia limpa no Brasil. A maior parte já possui contratos de venda assinados com um consumidor específico. A ideia é na primeira fase financiar 350 MW referentes a projetos em estágio mais avançados.

1 token = 1 watt instalado

Cada token a ser emitido pela Ampere vai equivaler a 1 watt instalado. O cálculo do valor será feito utilizando o custo médio de instalação por watt levando em conta a média entre usinas eólicas e solares. No entanto, o token será precificado no mercado secundário de acordo com a oferta e demanda do ativo.

A previsão é ter 1,1 GW instalados em cinco anos a partir dessa emissão de tokens. Atualmente, existem cerca de 15,1 GW eólicos e 2,1 GW solares instalados no Brasil.

O foco da emissão é o mercado europeu. Para o investidor europeu, as taxas no Brasil são bastante atrativas, mesmo considerando o risco de câmbio. Já o tomador brasileiro poderá contar com uma taxa mais baixa do que a que ele está acostumado por aqui, incluindo a do BNDES. A emissão será assessorada pela Dynasty.