Cada vez mais players tradicionais estão entrando no mercado de crypto, constata o CEO e fundador da Finchain DLT, Marcelo Miranda – ele mesmo que já trabalhou no Deutsch Bank. Isso ocorre não só com o uso da tecnologia blockchain, mas também com bancos que estão cada vez mais procurando entender esse mercado. “Grandes bancos e fundos no mundo todo estão desenvolvendo uma área de criptomoedas”, pontua. Miranda concedeu essa entrevista ao PanoramaCrypto durante o evento que marcou o fim da etapa brasileira de oferta do token DYN, da Dynasty. Assista à entrevista completa.