Saiba o que são Scams e aprenda como evitá-los

Saiba o que são Scams e aprenda como evitá-los

Menos de dez anos após o lançamento do white paper de Satoshi Nakamoto, existem projetos para criação de criptomoedas aos quais é preciso ficar atento

Saiba o que são Scams e aprenda como evitá-los

Por Redação

Ainda não se completaram dez anos do lançamento do white paper de Satoshi Nakamoto até o momento em que estas palavras estão sendo escritas, porém, todo um mercado financeiro voltado a um novo produto chamado criptomoedas surgiu neste curto espaço de tempo. Projetos para a criação de novas criptomoedas e novos subprodutos gerados a partir delas têm surgido a todo momento. Contudo, como nem tudo são flores, alguns destes projetos podem ser fraudulentos, criados com a única intenção de subtrair o dinheiro de investidores animados que decidem apostar em projetos sem antes verificar a sua autenticidade. Estes projetos fraudulentos são conhecidos como scams.

Em alguns casos os envolvidos no Scam são presos e processados, como ocorreu no caso da BitConnect, onde o seu head na Ásia, Divyesh Darji, foi preso ao chegar em Dubai. Em outros casos os envolvidos podem sair impunes, pois ainda não existem leis regulatórias relacionadas as criptomoedas na maioria dos países, deste modo, não havendo ações previstas em lei para punir ações fraudulentas utilizando criptomoedas.

O ideal é aprender a identificar os Scams para não cair em nenhum deles. Portanto, iremos dar algumas dicas para analisar em um projeto antes de entrar e assim evitar scams.

Existem algumas características que são chamadas de Red Flags, o que significam que existe uma grande probabilidade de um projeto se tratar de um scam caso possua uma destas cracterísticas. São elas:

1 – Promessa de ganhos astronômicos.

Como diz o ditado “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Como exemplo podemos citar novamente o caso da BitConnect que prometia um retorno anual garantido de 365% ao ano. É claro que grandes retornos podem existir, mas sempre haverá riscos e a empresa precisa deixar bem claro quais são estes riscos.

2 – Você precisa convidar outras pessoas para investir também.

Esta é um forte indicativo de que o projeto pode se tratar de um esquema Ponzi, fique alerta!

3 – Eles pedem as suas private keys.

Nunca confie as privates keys de sua carteira a ninguém, esta é a única forma de ter controle sobre as suas criptomoedas e provar que elas são suas.

4 – A empresa por trás do projeto está sendo ou já foi acusada de scam.

As comunidades virtuais são muito fortes e quando descobrem scams logo difundem a informação para evitar que mais pessoas caiam no golpe. Existem muitos sites e fóruns dedicados a listar projetos que são scams. Se existe um número considerável de pessoas afirmando que o projeto se trata de um scam, levante a red flag!

5 – As informações do projeto não são claras e de fácil acesso.

Se você tem dificuldades de entender o projeto e porque a proposta dele é algo promissor, desconfie! Como o mercado de criptomoedas ainda é pouco regulamentado, as empresas têm optado pela transparência para atrair investidores e potenciais clientes, por tanto, se o projeto não parecer transparente, levante a red flag.

Estas informações são baseadas no infográfico publicado pelo Cryptonerds em seu perfil do Twitter:

Infográfico postado pelo Twitter @CriptoNerds

Existem também diversos vídeos com dicas sobre como identificar Scams. Em destaque temos essa conversa entre os youtubers Ivan e Catalina dos canais Ivan on Tech e Tech with Catalina, respectivamente:

Estar sempre bem informado e conseguir identificar sinais que ajudem a evitar investimentos ruins sempre é a melhor forma de ser bem sucedido nos negócios. Então, que estas dicas possam ser úteis para você e que você faça ótimos negócios!