O que é criptomoeda? Quando alguém se depara pela primeira vez com o assunto, leva logo um susto. É comum lerem ou ouvirem palavras como “algoritmos de consenso” e “descentralização”. E, no fundo, elas não ajudam a entender o que é criptomoeda. Para início de conversa, o bitcoin precisa começar a ser pensado como uma nova tecnologia que muda a maneira como usamos a internet e não como dinheiro.

O universo crypto pode ser definido em linhas gerais, como uma forma mais rápida, segura e barata de fazer transações bancárias. Por isso, é preciso parar de pensar em bitcoin como moeda e começar a pensá-lo como tecnologia. No entanto, para que isso aconteça, é necessário, primeiro, entender precisamente o que são as criptomoedas.

Há algumas vantagens em colocar as informações dessa forma, segundo uma matéria da Forbes Brasil. Uma delas é que, com isso, fica mais fácil ter um entendimento mais preciso do que é o mundo crypto. Além disso, muitas pessoas, principalmente as que têm acima de 40 anos, já viram grandes avanços tecnológicos antes. E elas sabem como a história termina. Mais importante, elas sabem como lucrar com isso.

Criptomoedas como novo protocolo de internet

Portanto, o caminho certo para se pensar em bitcoin, criptografia e blockchains públicas é como a próxima etapa de toda a evolução tecnológica que houve até hoje. O pensamento deve ser: ao invés de enviar apenas arquivos, e-mail ou áudios, agora é possível enviar dinheiro.

o que é criptomoeda
Os bancos online e serviços de pagamento virtuais existem há décadas, por exemplo. Porém, eles sempre foram híbridos ou pontes, já que extraem cada transação e as processam no mundo físico tradicional.

O avanço que as criptomoedas trouxeram é que elas permitem o envio nativo de dinheiro pela internet. Nesse caso, não há necessidade de um banco ou um provedor de serviços como intermediário.

Isso é um grande movimento, porque nos permite fazer coisas que já fazemos hoje, contudo mais rápido, melhor e de forma mais econômica. Com o bitcoin, transações financeiras demoram cerca de dez minutos. Além disso, podem ser feitas gratuitamente e a qualquer hora e dia da semana.

Portanto, o que é criptomoeda?

Desse modo, pela primeira vez na história, podemos programar dinheiro. Em vez de usar advogados e banqueiros de investimento, é possível criar contratos, trusts, entidades ou conjunto de instruções financeiras de graça e com códigos. Isso significa interromper serviços como depósito, emissão de dívida, derivativos, criação de fundos, captação de recursos e outros.

E o que são essas criptomoedas? Elas são o combustível que alimenta as blockchains públicas. Ou seja, para enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo é preciso deter alguma quantia em bitcoin ou ether, por exemplo. .

Muitos investidores inteligentes estão comprando bitcoin e ether hoje, antes de todos descobrirem o valor dessas novas tecnologias. Ao permitir que o dinheiro viaje pela internet, as criptomoedas podem atrapalhar a indústria financeira. Algo semelhante aconteceu quando a Amazon mudou a realidade das lojas de departamentos.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.