Investidores estão acumulando criptoativos enquanto o mercado cripto está em desvalorização. De acordo com o gráfico do Look Into Bitcoin, os endereços com 1 unidade de bitcoin aumentaram consideravelmente nesta última semana.

No total, existem quase 860 mil endereços eletrônicos que armazenam pelo menos uma unidade do criptoativo. Esse número significa um recorde que está sendo quebrado consecutivamente nos últimos dias.

No dia 12 de junho de 2022, por exemplo, o perfil Watcher Guru alertou no Twitter sobre o crescimento de investidores com 1 unidade de bitcoin na carteira. Naquele dia, foram registrados 851,921 endereços, o que significava um novo recorde estabelecido até então.

No entanto, esse número continuou a aumentar logo após esse recorde, e nesta sexta-feira (17) os endereços com 1 BTC subiram para 859,544. Somente nos últimos 30 dias, houve um aumento de mais de 16 mil endereços com pelo menos uma unidade do criptoativo armazenada.

Endereços acumulam bitcoin na queda

Investidores estão aproveitando a desvalorização generalizada do mercado cripto para aumentarem suas participações em bitcoin. O novo recorde de endereços com 1 unidade do criptoativo subiu ao mesmo tempo em que o preço da moeda digital caiu vertiginosamente.

O preço do bitcoin já perdeu mais de ⅔ desde o recorde histórico registrado em 10 novembro de 2021. Somente nos últimos sete dias, o criptoativo acumulou uma queda de 30% no mercado cripto, e agora é cotado por volta de US$ 20 mil.

No mesmo dia em que o bitcoin renovou sua máxima atingindo quase US$ 69 mil, o número de endereços com 1 BTC era de 807,805. Portanto, houve um crescimento de 50 mil endereços nos últimos sete meses.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.