O impacto ambiental da atividade de mineração da rede Bitcoin será tema de uma audiência prevista para acontecer no Congresso dos Estados Unidos. De acordo com o InfoMoney, a reunião deve acontecer até o final de janeiro de 2022.

Embora o evento não tenha sido confirmado oficialmente, a lista de participantes da audiência estaria sendo produzida pelo subcomitê de Supervisão e Investigações do Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos EUA.

Atualmente, os Estados Unidos lideram entre os países que mais mineram bitcoin no mundo, seguido pelo Cazaquistão. Atraídos logo após a restrição das atividades na China, grandes fazendas de mineração se instalaram nos EUA em 2021, transformando o país no maior pólo da atividade.

Antes da audiência sobre mineração de bitcoin avançar no Congresso norte-americano, a senadora Elizabeth Warren do partido Democrata esboçou preocupação com o crescimento da atividade no país.

Para a Senadora, o crescimento da mineração nos Estados Unidos acendeu um alerta no comitê responsável por políticas energéticas, o que pode ter desencadeado na audiência sobre mineração que está sendo preparada pelos parlamentares.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.