Alguns investidores institucionais estão migrando para altcoins, saiba por que

Alguns investidores institucionais estão migrando para altcoins, saiba por que

Num relatório, a Grayscale Investments informou que esses investidores compraram 2/3 de bitcoin e 1/3 de altcoins no terceiro trimestre

Alguns investidores institucionais estão migrando para altcoins, saiba por que

Por Redação

Apesar de o bitcoin ainda ser o líder no mercado de criptomoedas, os investidores institucionais parecem estar olhando com mais carinho para as altcoins. De acordo com relatório da Grayscale Investments, está aumentando a procura dos grandes traders por esses ativos.

Em abril deste ano, o bitcoin representava pouco mais da metade de todo o mercado de criptomoedas. No entando, no decorrer do ano, o domínio da moeda aumentou significativamente, chegando a um pico de 72%. Apesar desse resultado, nas últimas semanas a participação do bitcoin recuou quase 6 pontos percentuais, até o nível de 66,3%.

+Leia também: Você sabe o que são altcoins e ICOs? Nós explicamos!

Além da queda na dominância de mercado, a principal criptomoeda também está registrando baixos volumes de negociação, inclusive nos mercado de derivativos do ativo digital.

No entanto, a Grayscale Investiments divulgou recentemente ter registrado seu melhor trimestre até agora, apresentando a alta histórica de US$ 254,9 milhões em novos investimentos. No primeiro trimestre, por exemplo, a empresa de investimento registrou entradas de capital de US$ 42,7 milhões, sendo que 73% dessas entradas vieram de investidores institucionais. Os investidores institucionais compraram 2/3 de bitcoin e 1/3 de altcoins

bitcoins x altcoins
Investidores institucionais e alternância bitcoins x altcoins

Essa talvez seja das razões pelas quais o domínio do bitcoin caiu para 66,3%. Apesar do novo momento, o bitcoin ainda movimentou aproximadamente US$ 170 milhões dos fundos aplicados pela empresa.

O fato é que volume de negociação do ativo digital teve uma queda nos últimos meses. Entre as dez principais exchanges, o volume diário de Bitcoin negociado caiu para menos de US$ 200 milhões. Isso representa um declínio significativo em comparação com o volume de US$ 4 bilhões registrado durante a alta da moeda, em junho deste ano.

Mesmo com a baixa recente do bitcoin, o relatório aponta uma perspectiva positiva para a criptomoeda. Alguns analistas ainda estão otimistas com o futuro do ativo digital no curto prazo. Um novo modelo de análise sugere, inclusive, que o bitcoin irá atingir mais de US$ 15.000 antes de maio de 2020.