A FTX Trading está expandindo sua atuação no mercado cripto global e se prepara para a aquisição da Bitvo. De acordo com a negociação, a compra da exchange permitirá a FTX atuar no mercado cripto canadense.

O negócio foi anunciado oficialmente pela FTX, que aguarda a aprovação regulatória da aquisição para concluir a compra da plataforma cripto. Sem divulgar detalhes sobre a negociação, a empresa espera que a transação seja concluída ainda no terceiro trimestre de 2022.

Conforme diz o CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, a compra da Bitvo garantirá a expansão da empresa para o Canadá, trabalhando em conformidade com os reguladores de criptoativos em todo o mundo.

“Estamos muito satisfeitos em entrar no mercado canadense e continuar a expandir o alcance global da FTX. Nossa expansão no Canadá é mais um passo no trabalho proativo com reguladores de criptomoedas em diferentes regiões do mundo .”

Logo após a aprovação da aquisição, a Bitvo será integrada totalmente à plataforma da FTX, para atender clientes do Canadá. A CEO da Bitvo, Pamela Draper, destaca a importância da FTX para o mercado cripto canadense.

“O Canadá mostrou um interesse crescente no comércio de ativos digitais e estamos entusiasmados em ajudar a fornecer entrada em uma das principais plataformas regulamentadas de negociação de ativos criptográficos do mundo para a comunidade canadense de criptomoedas. Ansiosos para transformar o acesso do canadense ao ecossistema de ativos digitais como parte do FTX.”

FTX expande negócios e investimentos globais

A FTX continua seu projeto de expansão e liderança no mercado cripto. Sendo assim, antes de anunciar a compra da Bitvo, a plataforma investiu US$ 450 milhões na Yuga Labs, empresa responsável por criar a coleção de NFTs Bored Ape Yacht Club.

Além de investir na Yuga Labs, Sam Bankman-Fried comprou US$ 579 milhões em ações da Robin Hood. Portanto, agora o CEO da FTX é dono de 7,6% do aplicativo que oferece a negociação de ações e criptoativos.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.