Extensão vai permitir que qualquer e-commerce aceite bitcoins

Extensão vai permitir que qualquer e-commerce aceite bitcoins

Extensão desenvolvida por uma startup crypto vai permitir que todos os e-commerces aceitem bitcoins até 2020; Amazon dos EUA já começou a usá-la

Extensão vai permitir que qualquer e-commerce aceite bitcoins

Por Isabel Correia

A comunidade de criptomoedas segue se expandindo e alcançando novas fronteiras. Com isso, surgem cada vez mais lojas que aceitam criptomoedas. Algumas vezes, isso é feito por meio de extensões, como é o caso da Moon, startup de processamento de pagamentos.

Recentemente, a empresa anunciou que a extensão poderá ser utilizada por qualquer carteira que funcione com a Lightning Network, camada extra da blockchain do bitcoin voltada para pagamentos. A extensão estava funcionando em caráter beta até agora e já contava com cerca de 250 usuários utilizando o serviço.

Com a extensão Moon, os usuários poderão comprar em sites como a Amazon utilizando bitcoin. Ainda não se sabe quando isso será viável para o público brasileiro.

Em entrevista à CoinDesk, o CEO da Moon, Ken Kruger, afirmou que a extensão vai funcionar através de um QR Code com a fatura, que também pode ser copiada e colada caso o usuário não possa utilizar o QR code, e poderá assim pagar com a sua carteira lightning favorita.

Novos investimentos

Ele explicou ainda que também não há integração direta com a loja. “Nós estamos integrando com as redes Visa e Mastercard e recebemos uma porcentagem das taxas que os comerciantes pagam quando recebem pagamentos de cartões.”

Além disso, vale lembrar que a Amazon em si não tem nenhum contato com bitcoin. Kruger não especificou quais instituições financeiras estão ajudando na conversão do bitcoin para moedas fiat no backend da Amazon. Porém, o CEO acrescentou que a extensão deve funcionar com qualquer e-commerce até 2020, mesmo que a plataforma não aceite bitcoins diretamente.

Kruger acrescentou ainda que a startup pretende realizar uma série de investimentos em 2019, com base no que estão aprendendo com o comportamento de usuários. “Existem várias oportunidades de ajudar a resolver alguns dos problemas de usabilidade e levar mais pessoas para a Lightning.”