A exchange Foxbit, uma das maiores do país, quer aproveitar sua base de 650 mil clientes para ofertar ao mercado outros produtos financeiros, além da intermediação de compra e venda de criptomoedas, revelou o CEO da empresa, João Canhada, em entrevista ao Panorama Transfero. No bate-bapo, o executivo contou como foi a criação da empresa, os primeiros anos até a euforia do mercado em 2017, o declínio dos anos seguintes e o momento atual, bem como perspectivas para o futuro.

Veja os programas anteriores.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.