A Statista divulgou recentemente um novo estudo sobre a adoção de tokens não-fungíveis (NFTs) no mundo. Assim como a Tailândia, o Brasil foi considerado um dos maiores países em número de usuários que possuem NFTs.

No total, existem quase 5 milhões de brasileiros com NFTs. Em segundo lugar no ranking, o Brasil fica atrás apenas da Tailândia, com 5,65 milhões de usuários nesse mercado.

Os dados representam a movimentação de NFTs no mercado em 2021. Logo após o Brasil aparece os Estados Unidos em terceiro lugar, com 3,81 milhões de usuários que possuem tokens não-fungíveis.

A China assume a quarta colocação no ranking da pesquisa da Statista. No país, existem 2,68 milhões de usuários no mercado de NFTs. Enquanto isso, o Vietnã possui 2,19 milhões de colecionadores de tokens, e ocupa o quinto lugar na lista.

O ranking da Statista traz os dez países com maior adoção de NFTs. Segundo o relatório, a Índia está em sexto lugar, com 1,5 milhão de usuários no mercado. O Canadá é o sétimo colocado, com 1,4 milhão de investidores no setor.

Por fim, a lista traz a Indonésia com 1,25 milhão, em oitavo lugar no ranking. A nona e a décima posição são ocupadas pela Alemanha e pela África do Sul, respectivamente. Portanto, em 2021 os dois países registraram 1,23 milhão de usuários com NFTs.

O mercado de tokens não-fungíveis vivenciou uma verdadeira febre em 2021. Com o lançamento de grandes projetos no mercado e grande adesão de investidores de criptoativos, no último ano NFTs movimentaram R$ 134 bilhões.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.