Blockchain pode ser vantagem competitiva para empresas

Blockchain pode ser vantagem competitiva para empresas

Uso da blockchain nos negócios pode ser vantagem competitiva se melhorar um produto que não faz uso dessa tecnologia, afirma consultor de negócios

Blockchain pode ser vantagem competitiva para empresas

Por Redação

A blockchain pode ser uma vantagem competitiva para empresas. Mas só vai ter sucesso se for usada para melhorar um produto que pode ser usado pelo maior número de pessoas possível. Quem afirma é CEO da Reputy e consultor de negócios, Michael Knobel, que deu uma palestra sobre sucesso empresarial no Fórum Blockmaster, em São Paulo.

A Reputy é uma empresa que tem uma aplicação que utiliza inteligência artificial e blockchain para criar um marketplace para profissionais.

Segundo Knobel, os clientes não vão ligar se você usa a blockchain. E vai além: para que a tecnologia seja massificada, as pessoas que utilizam não precisam entender dela.

“Por exemplo, ninguém vai escolher um cartão de crédito crypto que cobra 1% se puder usar um comum que dá 2% de cashback”, pontuou.

Portanto, na visão do empresário e também consultor, qualquer produto blockchain tem que criar valor tanto para quem oferece quanto por quem utiliza.

Blockchain pode ser vantagem competitiva para BCs

Knobel também arriscou alguns palpites sobre a economia mundial em sua palestra. Disse que a próxima grande crise mundial será produzida pelos bancos centrais ou algo externo vai atingi-los. Isso pode ser um gatilho ou oportunidade para eles entrarem na blockchain.

A afirmação ocorreu na semana anterior ao anúncio que o Banco Central do Brasil está atualizando seu sistema de pagamentos para tempo real.

A ideia do Banco Central com o novo sistema é acabar de vez com operaçõs como TED e DOC e implementar uma rede que permitirá o envio de valores em alguns segundos 24h por dia, todos os dias da semana.

A medida pode favorecer a indústria de bitcoin e criptomoedas no pais, principalmente no caso de compra e venda, pois, permitirá operações como depósito e saque em exchanges também nos finais de semana e fora do horário comercial. Além disso, fintechs que operam com criptomoedas como forma de pagamento também podem ser beneficiadas pela decisão.