Aliada em diversas soluções, a tecnologia de blockchain está sendo usada para resolver problemas de relações de trabalho geradas pela Economia Gig, conforme noticiado pela Forbes. Ou seja, situações decorrentes das relações de trabalho não tradicionais (contratados independentes, trabalhadores de plataforma on-line, trabalhadores de firmas contratadas, trabalhadores de plantão e trabalhadores temporários). 

Tão comuns no mundo moderno, as relações de trabalho flexíveis podem ser prejudiciais aos empregados. Entre os problemas estão rendimento abaixo do convencional e a necessidade de arcarem com diversos custos próprios. Por exemplo, motoristas por aplicativo ou fotógrafos. 

Um relatório do Instituto de Política Econômica dos EUA mostrou que esses trabalhadores ganham em média 58% menos que os trabalhadores regulares, gerando transtornos e instabilidade.

E como a blockchain ajuda nas relações de trabalho

De acordo com Matt Spoke, fundador da Open Foundation e especialista em tecnologia blockchain, é possível criar uma plataforma aberta que emprega conceitos e recursos usados por fintechs, combinados com recursos da blockchain que podem ajudar ao trabalhador da economia moderna.

Um exemplo seria se esses trabalhadores pudessem criar perfis digitais independentes numa blockchain. Assim, eles seriam capazes de visualizar a soma de seus esforços de trabalho ao longo do tempo e em vários mercados. A partir daí, eles teriam mais autonomia de suas experiências, reputação e histórico de ganhos.

Sendo assim, a longo prazo, o trabalhador estaria em posse de algumas vantagens do emprego tradicional, com os benefícios adicionais de flexibilidade e autonomia. Tudo com o objetivo de ajudar esses trabalhadores a crescer em suas carreiras de Gig e oferecer mais estabilidade, capacidade de ganho e realização pessoal.

Em seu artigo, o especialista vai além: a tecnologia também seria benéfica aos empregadores. Com o aumento da estabilidade e organização dos dados, os trabalhadores teriam um perfil mais atraente e uma opção de emprego mais viável que facilitaria a escolha por parte dos contratantes.