O bitcoin atingiu nesta sexta-feira (19/2) o marco histórico de US$ 1 trilhão de valor de mercado total, ao atingir a cotação de US$ 53.300. Esse marketcap histórico ocorre na esteira do pacote trilionário de estímulo anunciado pelo presidente eleito dos EUA, Joe Biden, do pico do preço das ações e também do aumento dos juros futuros norte-americanos.

O presidente eleito Joe Biden apresentou o pacote de ajuda de US$ 1,9 trilhão na quinta-feira passada (11/02)  – com foco em uma nova rodada de verificações de estímulo para os americanos em dificuldades financeiras e um ambicioso plano de distribuição de vacina para controlar a pandemia de Covid-19.

A injeção maciça de dinheiro na economia tende a elevar o preço das ações, já que parte desse dinheiro migra para o mercado. O mesmo ocorre com os criptoativos, que recebem parte desse dinheiro em excesso na economia. Desde o início da crise do coronavírus, os mercados de ações, commodities e de criptoativos estão vivendo um momento de forte correlação.

Na semana passada, o S&P 500 e a Nasdaq voltaram a renovar suas máximas históricas de fechamento. Nesse contexto, os investidores avaliam se os preços das ações estão muito elevados. De um lado, métricas tradicionais como a relação preço/lucro sugerem que as ações estão sendo negociadas próximos dos seus preços mais elevados já registrados. Por outro, vários investidores dizem que esses indicadores não levam em conta o impacto da taxa de juros próxima de zero.

tesla
Valor de mercado recorde do bitcoin após anúncio da Tesla

Semanas antes, os juros futuros dos EUA registraram alta impulsionados por preocupações inflacionárias em meio a um aumento nos preços da energia. Além disso, havia a perspectiva de anúncio de um grande estímulo fiscal, que se confirmou em seguida. A perspectiva da recuperação da economia devido ao avanço da vacina também contribuiu para o cenário. 

O recorde histórico em marketcap também ocorre dias depois do anúncio da Tesla da compra de US$ 1,5 bilhão em bitcoin. O mercado interpreta que pode haver uma reação em cadeia e outras empresas fazerem o mesmo movimento. A adoção institucional é um forte gatilho de preços para o bitcoin.

Inclusive o CIO de Renda Fixa da BlackRock, Rick Rieder, disse que a gestora está começando a analisar a criptomoeda. Em entrevista à CNBC, ele afirmou que as pessoas estão olhando o bitcoin como um instrumento de reserva de valor e diversificação de portfólio. E que é questão de tempo para a BlackRock fazer um movimento em direção às criptomoedas.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.
Ativos alternativos crescem como opções de diversificação de portfólio