O presidente da Commodity Futures Trading Commission (CFTC),
Rostin Behnam, disse que alguns criptoativos podem ser classificados como commodities no mercado cripto.

Para ele, esse é o caso do bitcoin e o ether, por exemplo. A afirmação sobre moedas digitais foi divulgada por Rostin Behnam no início da semana, durante uma entrevista para a CNBC.

Bitcoin é commodity para presidente da CFTC

O presidente da CFTC falou sobre a classificação dos criptoativos ao comentar sobre como os Estados Unidos estão fiscalizando o mercado cripto. Recentemente, o senado decidiu escolher a SEC como responsável por regulamentar o setor.

No entanto, a CFTC também pode apresentar iniciativas para o mercado cripto. Conforme diz Rostin Behnam, as duas agências tentam entender a competência de cada órgão quando o assunto são moedas digitais.

No entendimento do presidente da CFTC, a comissão deveria ser responsável por regulamentar os criptoativos classificados como commodities. Por outro lado, a SEC seria responsável pelos ativos digitais considerados valores mobiliários.

Portanto, a regulamentação do setor pretende oferecer mais segurança e proteção para os usuários, explica Rostin Behnam. O executivo orienta que o trabalho em conjunto da CFTC e da SEC pode criar um ambiente regulatório para o mercado cripto.

“Independentemente de qual possa ser a narrativa sobre as diferenças entre nós (CFTC) e a SEC, acho que ambos temos a mesma opinião no fato de que queremos regular isso cuidadosamente, proteger os clientes, proteger a estabilidade financeira.”

Assim, com milhares de projetos no mercado cripto, alguns podem ser classificados como commodities e outros como títulos. Ao mesmo tempo que sugere distinguir os criptoativos, Behnam reconhece que essa será uma tarefa complexa.

Caso tenha algum comentário ou contribuição para o PanoramaCrypto, entre em contato com a nossa Redação.