8 bancos centrais que estão experimentando a blockchain

8 bancos centrais que estão experimentando a blockchain

Bancos centrais de Singapura e Canadá anunciaram testes com a tecnologia. Veja outros bancos centrais que estão experimentando a blockchain

8 bancos centrais que estão experimentando a blockchain

Por Redação

No início de maio, a Autoridade Monetária de Singapura (MAS) e o Banco Central do Canadá (BoC) realizaram teste para pagamentos internacionais utilizando blockchain e moedas digitais. Segundo matéria do Coindesk, Aparentemente este é o primeiro experimento blockchain entre dois bancos centrais. A expectativa é de que há grande potencial para aumentar a eficiência e reduzir os riscos de pagamentos transnacionais. Mas eles não os primeiros. Veja outros bancos centrais que estão experimentando a blockchain:

Banco Central do Irã desenvolve plataforma blockchain

Irã

O Banco Central do Irã vem desenvolvendo uma plataforma chamada Borna. O objetivo é fornecer um padrão comum para o uso de blockchain e reduzir o custo do desenvolvimento de soluções com o uso dessa tecnologia. Assim, bancos iranianos e outras entidades financeiras podem testar e implementar a blockchain em uma escala mais ampla.

Banco Central da Holanda testou a blockchain por três anos

Tecnologia blockchain

O banco central holandês desenvolveu e avaliou quatro protótipos de tecnologia de registro distribuído (DLT) em três anos. Após o testes, somente o uso para pagamentos internacionais foi considerado, mas eles chegaram à conclusão que países com sistemas de pagamento eficientes não se beneficiam tanto da blockchain.

Banco Central da Índia quer blockchain para competir com o bitcoin

Índia

A Corporação Nacional de Pagamento da Índia (NPCI, na sigla em inglês) planeja desenvolver uma blockchain para melhorar sua rede de pagamentos. O órgão nacional recebeu apoio de dez bancos na Índia. Ou seja, o NPCI esperava criar uma blockchain alternativa que competisse com a blockchain original do bitcoin. Mas faria isso sem oferecer qualquer incentivo, pois teria controle central sobre a validação e adição de blocos.

Banco da Tailândia desenvolve uma blockchain

Tailândia

O Banco da Tailândia, o banco central do país, avançou com seu projeto de moeda digital baseada na blockchain. A solução permitirá ao banco central liquidar transações interbancárias usando uma moeda digital entre seus oito bancos comerciais parceiros.

Banco Central da China terá uma blockchain em 20 anos

China

O presidente do Instituto de Pesquisa Blockchain, Don Tapscott, prevê que o banco central da China terá uma moeda digital descentralizada dentro de vinte anos. Em entrevista à Bloomberg Technology, Tapscott disse que os chineses reconhecem  a tecnologia crypto como uma tecnologia importante para a China. Portanto, em breve a China terá um representante entre os bancos centrais que estão experimentando a blockchain.

Banco Central da Espanha vê criptomoedas de forma positiva

Torres de área empresarial em Madrid, cidade onde fica o Banco Central da Espanha, invertidas através de lente fotográfica

O Banco Central da Espanha acredita que a adoção de criptomoedas como moeda fiduciária  pode trazer benefícios à economia. Essa é a conclusão do relatório publicado em julho deste ano onde são analisados aspectos positivos e negativos do assunto. Dentre os principais argumentos a favor, está a maior facilidade de monitoramento do dinheiro em circulação.