Apple mira blockchain para monitorar fornecedores

Apple mira blockchain para monitorar fornecedores

Gigante da tecnologia submeteu à SEC um doccumento que parece descrever uma estrutura blockchain voltada para garantir origem de matérias-primas

Apple mira blockchain para monitorar fornecedores

Por Redação

Uma das maiores empresas do mundo da computação pode estar a um passo da adoção da tecnologia crypto. A Apple submeteu um documento para a Securities and Exchange Commission (SEC) que parece descrever uma estrutura blockchain. A utilização da tecnologia seria voltada ao monitoramento da cadeia de fornecedores da empresa. Assim, a Apple evitaria que componentes utilizados em seus produtos tivessem origem em empresas que não respeitam os direitos humanos.

A suspeita do envolvimento da empresa com a tecnologia blockchain é reforçada pela menção na página da Responsible Mineral Iniciative. Um documento publicado em dezembro de 2018 pelo projeto contém definições, atribuições e princípios comuns para essa tecnologia na cadeia de fornecimento de minerais, segundo matéria publicada no Coindesk .

Grande empresas

As maiores empresas de tecnologia têm descoberto as vantagens trazidas pela blockchain. O CTO da Coinbase, Balaji Srinivasan, recentemente publicou um tweet defendendo que a adoção da tecnologia já é uma realidade. Essa é a percepção do mercado de tecnologia após inúmeros projetos envolvendo a tecnologia serem anunciados por grandes empresas.

No entanto, empresas menos conhecidas também têm feito desenvolvimentos com a blockchain. O volume de projetos em andamento é tão grande que virou uma tarefa complexa analisar qual deles terá o maior potencial de sucesso. Por isso, empresas como a Deloitte tem dedicado equipes de cientistas de dados para realizar a análise de repositórios no Github em busca de informações sobre projetos com aplicação dessa tecnologia.